cartdowneyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinfo-truckinstagrammailnextordersprevioussearchtelephonetwitteruserclose
22/07/2020

COOL SEM MEDO

O cool pode até ser capturado, para não dizer copiado, de alguma proposta visual e que logo adiante vira um look, ou quase isso. Mas se vestir de um jeito cool num dia aleatório é diferente de viver esse estilo constantemente. Ao contrário do normal dressing (estilo normal), o cool é mais complexo de ser executado e, por isso, mais raro de encontrar por aí. A construção de um lifestyle cool leva tempo e demanda empenho, mas quem tem o talento nato de enxergar além do que todo mundo vê, sai um passo à frente.

 A saia com uma fenda poderosa e detalhes em bordado combinada com um top prateado reflete um estilo cool com mais sensualidade.

 

Antes de tudo, vale ressaltar que a escola fashion tradicional não é menos, nem deixa de ser importante, seu papel é fornecer a bagagem que toda apaixonada por moda deve possuir. Mas o tempero do estilo cool vêm das ruas. Pela ótica do street style compreende-se melhor o movimento cool, derivado deste primeiro, que brotou de uma cultura internacionalizada; um movimento que se mistura com a música e as artes. 

O uso do blazer ou de outra terceira peça deixa o look cool com uma pegada elegante.

 

 

O cool é um estilo em que nele tudo pode e tudo cabe: todos os tecidos e não-tecidos, todas as cores e texturas, todas as modelagens e conceitos estéticos, contanto que o conjunto fique equilibrado. A simplicidade deve encantar. Além do street, o conceito Sport também exerce grande influência no cool style, emprestando seus abrigos, tênis, bonés e os mais variados acessórios, sem falar do legado visual e comportamental. Sim, comportamento é coisa inseparável do cool: nasce como uma ideia e se materializa nas atitudes.

 

Cool e comfy: o macaquinho é peça curinga no estilo.

 

 

Muitas vertentes da moda ganharam força e viraram digamos “clássicos” porque antes de qualquer coisa já foram cool em algum momento passado. Exemplo disso são as propostas all jeans, all black e black and white, que nasceram da mais pura simplicidade rebelde e acabaram no gosto universal. 

 

 P&B + tênis é o clássico do look cool.

 

Entre as peças-chave do cool style estão os blazers, jaquetas e bons pares de jeans. Fazendo a base do look estão as camisetas e blusas que flertam com o informal. Lenços, gorros, cintos, óculos, bolsas e backpacks diferenciadas, além dos pulseirismos finalizam todo cool style. Itens modernos, quase incomuns são obrigatórios, o cool precisa de inovação.

O tricot é aliado do look cool nos dias de temperatura amena.

 

 

Ter a habilidade de quebrar toda forma de monotonia e possuir uma veia criativa latente coloca a pessoa em posição de vantagem, mas saber escolher a modelagem correta é meio caminho andado, ou melhor, saber transformar a modelagem dando um toque despojado.

 

 Manga bufante, detalhes em botões e um corte reto compõem o vestido cool perfeito.

 

Ser cool é saber usar tudo o que é do presente misturado com o que é do passado e dar uma cara do futuro, uma cara que é sua e de mais ninguém. 

 

A camisa com recortes e comprimento longo atrelada ao jeans entrega um look cool despojado.